Voli - A cidade corrompida [Parte 2]

Caio Era uma das poucas pessoas que viviam em Voli que não tinha nascido na cidade, o jovem de cabelos moicanos pretos bem alto, magro e vocalista da banda Cobras Roxas, filho unico da tambem excentricaLourdes, o jovem cantor não tinha muitos amigos, nem mesmo seus companheiros de banda ele podia contar, com seu genio dificil e temperamento de estrela do rock, dificultava bastante seus relacionamentos, a unica pessoa em quem caio confiava era sua namoradaFernanda, os dois se conheceram no dia em que caio e sua mãe chegaram na cidade, a mãe do rapaz atropelou a jovem e a levou ao hospital, e lá eles se conheceram e no memso dia ja tiveram uma torrida aventura sexual em cima de uma maca medica, e daquele dia em diante mantiveram o compromisso, depois de alguns meses caio deu como prova de compromisso a sua namorada um pingente prateado em forma de seta apontada para baixo, e ele mesmo tinha um pingente igual, Fernanda e Caio sempre usavam esse pingente como forma de amor e para que todos soubessem que era um do outro.


Alvaro era o habitante mais velho da cidade de Voli. morava em uma chacara bem distante do centro, o mais antigo morador não era muito social, tinha aparencia de profeta, barba e cabelos grandes meio acinzentado, tinha um odor de peculiar e usava sempre roupas sujas ou rasgadas, ja morava a bastante tempo sozinho desde que sua mulher e sua filha morreram misteriosamente num acidente domestico, o botijão de gás começou a vazar durante a noite e as duas acabaram morrendo asfixiada, como era frio as janelas e portas viviam sempre bem fechadas para que o frio não entrasse e assim o gás ficou vazando a noite toda e elas morreram, quando chegou da colheita pela manha Alvaro ja as encontrou pela manha, ja era tarde demais e a tragedia ja tinha acontecido. Alvaro então viveu anos se culpando pelo ocorrido, jogando a culpa para si, ja que ela tinha sido o ultimo a usar o fogão. Depois de muita insistencia da professora de religião Carolina, ele voltou a plantar e com a ajuda da moça estava se reinterando na cidade.

Um comentário:

@KaioCrush disse...

Olha, tenho um chará na história :D

Ocorreu um erro neste gadget